Top

Amazon aposta na arquitetura futurista e ecológica para sua nova sede

 

amazon_02_blog-da-arquitetura
A nova sede da Amazon será muito parecida com o cenário de um filme futurista (Foto: NBBJ/Seattle.gov)

A Amazon é reconhecida como uma das empresas mais inovadoras no mercado. O projeto da sua nova sede em Seattle, nos Estados Unidos, mostra que ela também quer ousar no ambiente de trabalho de seus funcionários.

Com arquitetura assinada pela firma NBBJ, escolhida como uma das dez companhias mais inovadoras do segmento, o projeto parece ter saído de uma história de ficção científica: são domos enormes, com cobertura que possibilita visualizar a área externa.

Além de futurista, a arquitetura também tem uma pegada ecológica bastante forte, uma vez que servirá de abrigo para espécies de plantas ameaçadas. Por isso, a ideia é criar ambientes que representem os diferentes ecossistemas do planeta.

amazon_03_blog-da-arquitetura
Os escritórios são constituídos por três domos, que a empresa chama de esferas (Foto: NBBJ/Seattle.gov)

+ Estrutura e vidro

São três espaços transparentes, que a própria Amazon chama de esferas, devido ao formato. Com estrutura de metal e revestimento de vidro, que permite a entrada de luz natural, elas servirão de ambiente de trabalho, com mesas, cadeiras e sofás, contando também com restaurantes e lanchonetes.

Compostas de três pavimentos, a ideia é que as esferas lembrem uma casa na árvore – ao menos por dentro -, com direito a pontes suspensas. Por isso, a coleção de plantas não será meramente decorativa, mas parte dos escritórios, que estão inseridos em uma grande cidade (esse tipo de projeto costuma ser associado a campus situados em regiões mais periféricas).

Descrita pelo The New York Times como “estufa high-tech”, a nova sede da companhia pioneira em compras pela internet, e-books e computação em nuvem está prevista para ser finalizada em 2018. Embora os planos sejam de que a acessibilidade se restrinja a funcionários da Amazon, os escritórios poderão receber o público em tours guiados.

amazon_01_blog-da-arquitetura
As três esferas de metal e vidro, que serão a nova sede da Amazon em Seattle (Foto: Ian C. Bates / The New York Times)

Vale lembrar que a Amazon é a maior empregadora privada de Seattle, com mais de 20 mil funcionários alocados em mais de 30 edifícios espalhados pela região. O novo conjunto comercial foi pensado justamente para melhorar a qualidade de vida de seus funcionários – ao menos durante o trabalho.

Fontes: Exame.com e The New York Times.